INSCRIÇÕES PARA OS PRÊMIOS ABRAMGE 2013
TÊM MAIS CERCA DE 30 DIAS
 
 

Os vencedores dos Prêmios recebem quantia em dinheiro, além de diploma e troféu

 

De acordo com dados da Associação Brasileira de Psiquiatria cerca de 9% da população brasileira é acometida por algum tipo de doença mental grave, e por volta de 12,6% das crianças apresentam sintomas de transtornos mentais importantes. E mais, aproximadamente 10% dos brasileiros têm depressão, sendo que destes, mais de 80% podem melhorar se receberem o tratamento adequado. Em sua 19ª edição, os Prêmios Abramge de Medicina e Jornalismo “Domingos de Lucca Junior”, têm como tema Doenças Mentais e Emocionais – Causas, Diagnósticos, Tratamentos e Orientação para População.

 
“O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular médicos e jornalistas a promover conhecimento sobre saúde, seja na área científica, ou na mídia impressa e trazer cada vez mais informações para o público em geral”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida.
 
Médicos e jornalistas interessados em participar têm aproximadamente 30 dias para concorrer à premiação. Os participantes da premiação devem ser jornalistas de mídia impressa ou médicos. As reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 6 de outubro de 2012 e 4 de outubro de 2013. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto – Doenças Mentais e Emocionais – Causas, Diagnósticos, Tratamentos e Orientação para População. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.
 
Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas.
 
Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3.
 
Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge– Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 240 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 42% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog).
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

ABRAMGE DIVULGA TEMA DOS PRÊMIOSDE MEDICINA E JORNALISMO 2013
 

Jornalistas e médicos disputam quantia em dinheiro, além de troféu e diploma   

 

 

Em sua 19ª edição, os Prêmios Abramge de Medicina e Jornalismo “Domingos de Lucca Junior”, têm como tema Doenças Mentais e Emocionais – Causas, Diagnósticos, Tratamentos e Orientação para População. De acordo com pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Psiquiatria, cerca de 9% da população brasileira é acometida por algum tipo de doença mental grave, e por volta de 12,6% das crianças apresentam sintomas de transtornos mentais importantes. E mais, aproximadamente 10% dos brasileiros têm depressão, sendo que destes, mais de 80% podem melhorar se receberem o tratamento adequado.

A Organização Mundial de Saúde alerta que 450 milhões de pessoas sofrem ou sofrerão de problemas mentais, neurológicos ou comportamentais ao longo da vida e por volta de 20% das crianças e adolescentes terão problemas de saúde mental. Ainda de acordo com a OMS, 154 milhões de pessoas no mundo desenvolveram depressão e cerca de 1% da população mundial tem esquizofrenia.

Os participantes da premiação devem ser jornalistas de mídia impressa ou médicos. As reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 6 de outubro de 2012 e 4 de outubro de 2013. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto – Doenças Mentais e Emocionais – Causas, Diagnósticos, Tratamentos e Orientação para População. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.
“O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular médicos e jornalistas a promover informação sobre saúde, seja na área científica, ou na mídia impressa esclarecendo o público em geral”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida. Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas.

Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
Últimos dias para as inscrições dos
Prêmios de Jornalismo e Medicina da Abramge
 

 Médicos e jornalistas concorrem a prêmio em dinheiro, troféu e diploma 

 

 

Encerram-se no próximo dia cinco de outubro as inscrições para os Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Júnior”. O tema deste ano é Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos. Profissionais de saúde e de imprensa devem se inscrever diretamente no próprio site da Abramge ou enviar material pelo correio – necessário um original e cinco cópias impressas dos trabalhos – para a sede da Abramge.
A obesidade mórbida – classificada como obesidade de grau 3 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) – é diagnosticada quando o índice de massa corpórea (IMC) de um indivíduo é igual ou superior a 40. Ela é responsável pelo aumento de doenças graves, como as coronarianas (angina e infarto), hipertensão arterial, diabetes, acidente vascular cerebral, embolia pulmonar e o próprio câncer.
Podem concorrer à premiação jornalistas de mídia impressa e médicos. Para os jornalistas, as reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. “O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular a pesquisa científica e promover a informação sobre saúde nos meios de comunicação”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida.
O prêmio na categoria Medicina compreende R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu – de autoria da artista plástica Anita Kaufman – e diploma. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para o jornalista premiado. A comissão julgadora será constituída de cinco membros escolhidos pela Abramge em cada uma das categorias. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3.
Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge), o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo (Sinog) e a Universidade Corporativa Abramge (UCA).
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

World Health Care Congress América Latina

 

O Congresso Anual Mundial de Saúde será realizado nos dias 29 e 30 de outubro em São Paulo, Brasil

Mais de 200 líderes do setor de saúde dos segmentos de negócios, governo e acadêmico se reunirão em São Paulo em outubro para o 2º Congresso Annual Mundial de Saúde na América Latina, um fórum de alta qualidade em que líderes mundiais e regionais compartilharão insights importantes sobre formas de melhorar o acesso a tratamentos de alta qualidade, financiamento e seguro. Os principais setores representados incluirão hospitais, sistemas nacionais de saúde, seguradoras e planos de saúde privados, ministérios e departamentos de saúde, assim como os setores acadêmico e farmacêutico.


Mais de 30 palestrantes de nível sênior,entre eles:
Arlindo de Almeida, Presidente Nacional da Abramge - Associação Brasileira de Medicina de Grupo
Leandro Reis Tavares, Diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS)
Marcio Serôa de Araujo Coriolano, Presidente, Bradesco Saúde
Dr. Marcos Ferraz, Diretor do Centro Paulista de Economia da Saúde, Unifesp
Claudio Luiz Lottenberg, Presidente, Hospital Albert Einstein
Maria Beatriz Alkmim, Universidade Federal de Minas Gerais
Denizar Vianna Araujo, Professor Adjunto - Departamento de Clínica Médica, Universidade do Estado do Rio de Janeiro

 

"Estamos extremamente satisfeitos em apresentar a nossa bem-sucedida série 'World Health Care Congress' à América Latina", disse Nicole Garratt, presidente do WHCC América Latina. "Como a região abriga quase 600 milhões de pessoas com necessidades de tratamento de saúde complexas e variadas, estamos entusiasmados por promover um fórum que se concentrará nas muitas inovações e melhores práticas que surgiram na América Latina e ao mesmo tempo apresentar perspectivas internacionais valiosas."

Os principais tópicos incluem:
> Transformação dos sistemas de saúde para reduzir os custos e expandir o acesso a tratamentos de qualidade
> Inovações no Seguro Particular - Novos modelos de financiamento para um melhor acesso a um tratamento sustentável
> Prevenção e Saúde da população - Como lidar com o fardo econômico e de saúde da doença crônica
> Expansão da indústria farmacêutica
> Inovações criadas através da biotechnologia
> Sucesso com as tecnologias mHealth e Telehealth
> Modelos de parceria públicos/privados inovadores

EVENTO: Congresso Anual Mundial de Saúde
DATA: 29 e 30 de outubro de 2012
LOCAL: São Paulo, Brasil.  

 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 Faltam cerca de 30 dias para o final das
inscrições dos prêmios Abramge 2012

 

 Além de prêmio em dinheiro, os vencedores receberão troféu e diploma

Terminam no dia cinco de outubro as inscrições para os Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Júnior”. O tema deste ano é Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos. Os candidatos precisam enviar um original e cinco cópias impressas de seus trabalhos sobre o assunto mencionado para a sede da Abramge. Os profissionais de imprensa e de saúde devem se inscrever enviando material pelo correio ou diretamente no próprio site da Abramge. 
A obesidade mórbida – classificada como obesidade de grau 3 pela Organização Mundial de Saúde (OMS) –  diagnosticada quando o índice de massa corpórea (IMC) de um indivíduo é igual ou superior a 40. Ela é responsável pelo aumento de doenças graves, como as coronarianas (angina e infarto), hipertensão arterial, diabetes, acidente vascular cerebral, embolia pulmonar e o próprio câncer. E, se não for dada a devida atenção, pode levar à morte. 
Podem concorrer à premiação jornalistas de mídia impressa e médicos. Para os jornalistas, as reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. “O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular a pesquisa científica e promover a informação sobre saúde nos meios de comunicação”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida. 
Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias. 
A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias. Os textos serão encaminhados aos jurados escolhidos pela direção da Abramge para análise e indicação dos melhores trabalhos. Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3  
Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog). 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
 CONGRESSOS DA ABRAMGE DEBATEM

GESTÃO ESTRATÉGICA NA SAÚDE

 
O comportamento das classes emergentes no Brasil será analisado
 
Com a participação do ex- presidente Fernando Henrique Cardoso, e do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, os 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog terão como tema central Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar - e já têm confirmados mais de 400 participantes. Os eventos serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de agosto.

As mudanças econômicas que acontecem no Brasil e no mundo serão discutidas no primeiro dia dos Congressos, a começar pela Conferência Magna do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. Em seguida, o talk show Aspectos Logístico/Operacionais do Planejamento Estratégico, terá como conferencista O diretor da Amil, Antonio Jorge Gualter Kropf.

Kropf falará ainda sobre Conceitos e Experiências de Mercado e oRelacionamento com a Cadeia de Mercado. Para ele, os principais passos para o bom funcionamento da cadeia produtiva do setor de Saúde Suplementar – que incluem Operadoras de Planos de Saúde e prestadores de serviços, entre outros - depende de três premissas. “É preciso se ater a três passos importantes: contato entre as partes, compartilhamento de dados e, o mais importante, ter informações de qualidade sobre os problemas enfrentados pelos envolvidos, para poder elaborar um plano/objetivo comum” diz o palestrante.

O comportamento e os hábitos das novas classes C e D, em ascensão no Brasil, e os números da Saúde Suplementar serão abordados por Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular, no talk show sobre Aspectos Mercadológicos/Operacionais do Planejamento Estratégico. Meirelles pretende mostrar diferentes casos reais que ilustram o consumo desses novos indivíduos. “Se há uma perspectiva de expansão visível nesse momento, essa se encontra nas classes emergentes. Temos identificado em pesquisas do Data Popular que, com a ampliação da formalização dos trabalhadores das classes C e D, houve um crescimento do desejo de acesso aos planos de saúde“, avalia Meirelles.

Neil Patrick Mascarenhas, diretor financeiro do Grupo Carlos Chagas, vai falar sobre as principais dinâmicas do mercado e práticas competitivas das Operadoras de Planos de Saúde e seus prestadores de serviços. O tema de sua palestra é Aspectos Comerciais/Mercadológicos do Planejamento Estratégico. “Vale a pena pensar em modelos de assistência do tipo ganha-ganha onde o resultado assistencial seja tão ou mais eficiente para a saúde do beneficiário e que, ao mesmo tempo, possa levar a uma redução de custos”, afirma.

Tecnologia da Informação na Saúde

No segundo dia, os congressos continuam com palestras sobre planejamento estratégico-financeiro e de ferramentas tecnológicas. “O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog.

Por que a Tecnologia de Informação continua sendo uma caixa preta para a maioria dos executivos de saúde como acreditam alguns especialistas? A questão faz parte da palestra de Luiz Antonio De Biase Nogueira, diretor executivo da Tempro Software, que participa do talk show Tecnologia no Planejamento Estratégico. “Os técnicos tendem a dar mais peso às tendências, doutrinas e detalhes tecnológicos do que às características e reais necessidades do negócio. “Isso pode inflar os investimentos e o custo com tecnologia da informação”, explica.

Módulo odontológico

Pela primeira vez, os Congressos do Sistema Abramge terão um módulo odontológico especial, que ocupará toda a tarde do primeiro dia do Congresso. Para falar sobre Planejamento Estratégico no Segmento Odontológico o convidado é Fabio Fassini, diretor da Amil Dental. Marta Espósito Peixoto, consultora da Aon Hewitt, vai falar sobre Aspectos Mercadológicos: Oportunidades e o Desenvolvimento de Novos Negócios. E para finalizar, Ariovaldo Marques, presidente da Acoplan, falará sobre os Aspectos Comerciais e Parcerias.

A Conferência de encerramento será do ministro da Saúde, Alexandre Padilha, e terá como tema: A Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil. Confira a programação completa dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog em www.abramge.com.br/programacao.htm.

Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog) e a Universidade Corporativa Abramge (UCA).

 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text29302); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 Congressos da Abramge debatem a

Tecnologia da Informação em Saúde

 
Pela primeira vez os Congressos terão Módulo Odontológico separadamente
 
São Paulo, agosto de 2012 - Por que a Tecnologia de Informação continua sendo uma caixa preta para a maioria dos executivos de saúde como acreditam alguns especialistas? Este é um dos assuntos dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog que têm como tema central Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar. Os eventos serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de agosto.

 

Para Luiz Antonio De Biase Nogueira, diretor executivo da Tempro Software, que participa do talk show Tecnologia no Planejamento Estratégico, os técnicos tendem a dar mais peso às tendências, doutrinas e detalhes tecnológicos do que às características e reais necessidades do negócio. “Isso pode inflar os investimentos e o custo com tecnologia da informação”, explica.

 

Já Neil Patrick Mascarenhas, diretor financeiro do Grupo Carlos Chagas, vai falar sobre as principais dinâmicas do mercado e práticas competitivas das Operadoras de Planos de Saúde e seus prestadores de serviços. O tema de sua palestra é Aspectos Comerciais/Mercadológicos do Planejamento Estratégico. “Vale a pena pensar em modelos de assistência do tipo ganha-ganha onde o resultado assistencial seja tão ou mais eficiente para a saúde do beneficiário e que, ao mesmo tempo, possa levar a uma redução de custos”, afirma.

 

Além desses palestrantes, também participarão Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, que fará a Conferência Magna. E mais: Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, falará no encerramento do evento, sobre a Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil; e Mailson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda, fará palestra sobre Planejamento Estratégico – Cenário Econômico/Financeiro.

 

“O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog.

 

Confira a programação completa dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog em www.abramge.com.br/programacao.htm


Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog) e a Universidade Corporativa Abramge (UCA).

 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text63863); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

Inscrições para os Prêmios Abramge 2012

terminam em 60 dias

 

 Jornalistas e médicos devem fazer suas inscrições até dia 5 de outubro

Quando o índice de massa corpore (IMC) é igual ou superior a 40 soa o sinal de alerta. Este é o indicador da obesidade mórbida, doença crônica que está associada a mais de 60 tipos de enfermidades, entre elas, as coronarianas (angina e infarto), acidente vascular cerebral, embolia pulmonar e o próprio câncer. Para chamar a atenção para este problema, os Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Junior” 2012, têm como tema a Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos.

 

Podem participar da premiação jornalistas de mídia impressa e médicos – ambos têm até 5 de outubro para enviar seus trabalhos. Para os jornalistas, as reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. “O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular a pesquisa científica e promover a informação sobre saúde nos meios de comunicação”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida.

 

Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.

 

Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3.

 

Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog).

 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 Crescimento das classes econômicas

brasileiras é tema de congressos da Abramge

Os eventos têm como tema central Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar

São Paulo, julho de 2012 - O comportamento e os hábitos das novas classes média e baixa em ascensão no Brasil e os números da Saúde Suplementar serão abordados por Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular, no talk show sobre Aspectos Mercadológicos/Operacionais. Meirelles participa dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog que têm como tema central Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar. Os eventos serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de agosto.

 

Renato Meirelles pretende mostrar diferentes casos reais que ilustram o consumo desses novos indivíduos. “Se há uma perspectiva de expansão visível nesse momento, essa se encontra nas classes emergentes. Temos identificado em pesquisas do Data Popular que, com a ampliação da formalização dos trabalhadores das classes C e D, houve um crescimento do desejo de acesso aos planos de saúde“, avalia Meirelles.

 

Entre os palestrantes dos eventos estão Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, que fará Conferência Magna; Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, que participa da Conferência de Encerramento com a Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil; e Mailson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda, que fará palestra sobre Planejamento Estratégico – Cenário Econômico/Financeiro.

 

No primeiro dia dos encontros, a conferência de abertura e outras apresentações focalizarão as mudanças econômicas e sociais que acontecem no Brasil e no mundo. Além disso, serão analisados os aspectos comerciais/mercadológicos com enfoque na área de Saúde Suplementar. Pela primeira vez, o Sinog – Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – realizará um painel voltado à gestão dos planos odontológicos. Os assuntos a serem abordados são: Impactos da regulação nas Operadoras Odontológicas e Aspectos Comerciais/Mercadológicos, Parcerias e o Desenvolvimento de Novos Negócios.

 

No segundo dia, os congressos continuam com palestras de planejamento estratégico financeiro e de ferramentas tecnológicas. “O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog.

 

Confira a programação completa dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog em www.abramge.com.br/programacao.htm


Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog) e a Universidade Corporativa Abramge (UCA).

 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text97824); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 Congressos da Abramge debatem cadeia produtiva do setor

Dias 23 e 24 de agosto, São Paulo recebe os 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog 
              

São Paulo, julho de 2012 - Os principais passos para o bom funcionamento da cadeia produtiva do setor de Saúde Suplementar – que incluem Operadoras de Planos de Saúde, prestadores de serviços, entre outros – são: contato entre as partes; compartilhamento de dados; e, o mais importante, ter informações de qualidade sobre os problemas enfrentados pelos envolvidos, para poder elaborar um plano/objetivo comum”, essa é a opinião de Antônio Jorge Gualter Kropf, diretor da Amil, que participará do talk show sobre Aspectos Logísticos/Operacionais, dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog que serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos dias 23 e 24 de agosto.

O tema central dos congressos do Sistema Abramge é Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar. Entre os palestrantes estão Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, que fará Conferência Magna; Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, que participa da Conferência de Encerramento com a Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil; e Mailson da Nóbrega, ex-Ministro da Fazenda, que fará palestra sobre Planejamento Estratégico – Cenário Econômico/Financeiro.
 
No primeiro dia dos encontros, a conferência de abertura e outras apresentações focalizarão as mudanças econômicas e sociais que acontecem no Brasil e no mundo. Além disso, serão analisados os aspectos comerciais/mercadológicos com enfoque na área de Saúde Suplementar. Pela primeira vez, o Sinog – Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – realizará um painel voltado à gestão dos planos odontológicos. Os assuntos a serem abordados são: Impactos da regulação nas Operadoras Odontológicas e Aspectos Comerciais/Mercadológicos, Parcerias e o Desenvolvimento de Novos Negócios.
 
No segundo dia, os congressos continuam com palestras de planejamento estratégico financeiro e de ferramentas tecnológicas. “O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog.
 
Confira a programação completa dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog em www.abramge.com.br/programacao.htm

Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog).
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text67724); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

MAIS TRÊS MESES PARA SE INSCREVER

NOS PRÊMIOS ABRAMGE 2012

 

 Jornalistas e médicos devem fazer suas inscrições até dia 5 de outubro

 

Doença crônica associada a outras enfermidades graves como às coronarianas (angina e infarto), acidente vascular cerebral, embolia pulmonar e o próprio câncer, a obesidade mórbida atinge mais de meio milhão de crianças no Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 49% dos brasileiros são obesos. Esses são apenas alguns dos fatos que levou a Abramge a escolher como tema da 18ª edição dos Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Junior” a Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos.

 

Os jornalistas de mídia impressa e médicos que queiram participar da premiação têm ainda cerca de quatro meses para enviar suas inscrições. As reportagens sobre o tema escolhido devem ter data de publicação entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos participam com trabalhos inéditos sobre o tema obesidade mórbida. “A intenção dos Prêmios Abramge é valorizar a pesquisa científica e promover temas sobre saúde que sejam relevantes para a população brasileira”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida.

 

Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.

 

Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3 .

 

 

Sobre a Associação Brasileira de Medicina de Grupo – Abramge – Líder em número de usuários do mercado de Saúde Suplementar no Brasil, o segmento de Medicina de Grupo é representado pela Abramge, entidade sem fins lucrativos que inclui cerca de 250 operadoras de planos de saúde associadas. O principal objetivo estabelecido desde a sua fundação, em 8 de agosto de 1966, é representar institucionalmente, junto aos órgãos federais, estaduais e municipais, as empresas privadas de assistência à saúde em atuação no território nacional. Hoje, o segmento de medicina de grupo cobre aproximadamente 20 milhões de usuários, ou seja, 41% dos 48 milhões de clientes da Saúde Suplementar brasileira – exceção feita aos planos exclusivamente odontológicos. O chamado Sistema Abramge engloba ainda o Sindicato das Empresas de Medicina de Grupo (Sinamge) e o Sindicato das Empresas de Odontologia de Grupo, (Sinog).

 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
PRÊMIOS ABRAMGE 2012 ALERTAM
SOBRE OBESIDADE MÓRBIDA
 

 Médicos e jornalistas concorrem, além do prêmio em dinheiro, a troféu e diploma

 

A obesidade mórbida atinge mais de meio milhão de crianças no Brasil, de acordo com dados do Ministério da Saúde. Além disso, a última pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) aponta que 49% dos brasileiros são obesos no País. Para colocar em destaque o assunto a Abramge escolheu Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos como tema da 18ª edição dos Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Junior”.

 

Os jornalistas de mídia impressa e médicos que queiram participar da premiação têm ainda cerca de quatro meses para enviar suas inscrições. As reportagens sobre o tema escolhido devem ter data de publicação entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos participam com trabalhos inéditos sobre o tema obesidade mórbida. “A intenção dos Prêmios Abramge é valorizar a pesquisa científica e promover temas sobre saúde que sejam relevantes para a população brasileira”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida.

 

Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.

 

Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3 .

 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

 

 Ministro da Saúde participa de
Congressos do Sistema Abramge

 Os eventos serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo 

São Paulo, agosto de 2012 - Alexandre Padilha, Ministro da Saúde, confirmou presença para fazer a conferência de encerramento dos 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog que serão realizados no Hotel Maksoud Plaza, em São Paulo, nos próximos dias 23 e 24 de agosto. Padilha exporá a Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil. Os eventos do Sistema Abramge têm como tema central o Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar.

 

No primeiro dia dos encontros, a conferência de abertura e outras apresentações focalizarão as mudanças econômicas e sociais que acontecem no Brasil e no mundo. Além disso, serão analisados os aspectos logísticos/operacionais e comerciais/mercadológicos com enfoque na área de Saúde Suplementar. Pela primeira vez, o Sinog – Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – realizará um painel voltado à gestão dos planos odontológicos. Os assuntos a serem abordados são: Impactos da regulação nas Operadoras Odontológicas e Aspectos Comerciais/Mercadológicos, Parcerias e o Desenvolvimento de Novos Negócios.

 

No segundo dia, os congressos continuam com palestras de planejamento estratégico financeiro e de ferramentas tecnológicas. “O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog.

 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text71571); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11)

 

 

Congressos do Sistema Abramge

discutem gestão e estratégia no setor

Ex-presidente Fernando Henrique faz a Conferência Magna

 

São Paulo, agosto de 2012 - Planejamento Estratégico na Saúde Suplementar é o tema central do 17º Congresso Abramge e 8º Congresso Sinog, que serão realizados em São Paulo, nos próximos dias 23 e 24 de agosto. Fernando Henrique Cardoso, ex-presidente da República, falará em Conferência Magna sobre as mudanças econômicas e sociais que acontecem no Brasil e no mundo. “Discutiremos a visão estratégica para melhorar o comportamento de todos aqueles que se preocupam com o bem estar da população brasileira”, disse FHC.

 

No primeiro dia do evento serão analisados os aspectos logísticos/operacionais e comerciais/mercadológicos com enfoque na área de Saúde Suplementar. Pela primeira vez, o Sinog – Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – realizará um painel voltado à gestão dos planos odontológicos. Os assuntos a serem abordados são: Impactos da regulação nas Operadoras Odontológicas e Aspectos Comerciais/Mercadológicos, Parcerias e o Desenvolvimento de Novos Negócios.

 

No segundo dia, os congressos continuam com palestras de planejamento estratégico financeiro e de ferramentas tecnológicas. Para finalizar haverá uma apresentação com o tema Visão do Governo sobre o Cenário da Saúde no Brasil. “O objetivo dos Congressos é criar um ambiente em que empresários e executivos da Saúde Suplementar possam compartilhar seus conhecimentos e expertises”, afirma Arlindo de Almeida, presidente da Abramge. “Nosso setor está crescendo e precisa debater a atual regulamentação e seus desafios”, diz Geraldo Lima, presidente do Sinog. Entre os palestrantes já confirmaram presença Mailson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda; Luiza Helena Trajano, presidente do Grupo Magazine Luiza; e Renato Meirelles, sócio diretor do Data Popular .

 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text93765); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 
Abramge debate atos do órgão regulador
 
 

 A 7ª Jornada Jurídica terá participação de diretor da ANS

 
As recentes decisões da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e suas consequências econômico-financeiras, atuariais, contábeis trabalhistas e jurídicas são tema da 7ª Jornada Jurídica de Saúde Suplementar: Avaliação dos Principais Impactos Jurídicos e Contábeis-Tributários e Trabalhistas no Setor da Saúde Suplementar . O evento, realizado pela Universidade Corporativa Abramge (UCA) acontece no dia 22 de junho próximo, das 9 às 17 horas, no Hotel Golden Tulip Paulista Plaza, em São Paulo.
 
“O objetivo é a primorar os conhecimentos dos profissionais do setor de Saúde Suplementar sobre o cenário atual e propor formas de enfrentar as dificuldades encontradas pelas Operadoras com as atuais resoluções da ANS”, afirma Alexandre Lourenço, presidente da UCA.
 
O evento é aberto a Administradores, advogados, contadores, auditores, gestores de saúde e de recursos humanos, acionistas, sócios e cooperados de Operadoras de Planos de Saúde.
 
Confira a programação completa do evento:
 
09h00 – Abertura
 
09h15 – Conferência Magna: Natureza Jurídica, Base de Cálculo e Prazo e Prescrição da Cobrança do Ressarcimento ao SUS Conferencista: Prof. Dr. Carlos Mário da Silva Velloso (Jurista e Ex-Ministro Presidente do Supremo Tribunal Federal)
 
10h30 – Coffee-break
 
10h45 – Redução, para as Operadoras de Planos de Saúde, da Base de Cálculo de PIS/COFINS e de ISS e Casos de Não–Contributividade deste Tributo Municipal Palestrante: Dagoberto José Steinmeyer Lima (Chefe da Assessoria Jurídica do SISTEMA ABRAMGE/SINAMGE/SINOG)
 
12h00 – Almoço
 
13h30 – Principais Modificações nas Práticas de Contabilidade de Fiscal Exigidas pela Secretaria da Receita Federal
 
Palestrante: Wagner Barbosa de Castro (Economista, Contador e Diretor do SINAMGE e SINOG)
 
14h30 – Problemas Legais da Terceirização de Mão de Obra, e Ações do Ministério Público do Trabalho e da Fiscalização do MTBE
 
Palestrante: Dr. Ricardo Ramires Filho (Advogado sócio da Advocacia Dagoberto J. S. Lima e Membro da Comissão de Planos de Saúde da OAB/SP)
 
15h15 – Coffee-break
 
15h30 – Ativos Garantidores – Patrimônio Mínimo Ajustado - PMA e Margem de Solvência
 
Palestrante: Leandro Reis Tavares (Diretor da DIOPE da ANS)
 
17h00 – Encerramento
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
OBESIDADE MÓRBIDA É TEMA
DOS PRÊMIOS ABRAMGE DE 2012
 

Além de quantia em dinheiro, os vencedores recebem troféu e diploma

 
 

Em sua 18ª edição, os Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Junior”, têm como tema Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos. Trata-se de doença crônica associada a outras enfermidades graves como doenças coronarianas (angina e infarto), hipertensão arterial, diabetes, acidente vascular cerebral, embolia pulmonar e o próprio câncer. De acordo com a Organização Mundial de Saúde a obesidade mórbida é classificada como obesidade de grau 3, diagnosticada quando o índice de massa corpórea (IMC) de um indivíduo é igual ou superior a 40 – o que pode indicar sérios riscos à saúde.

Podem participar da premiação jornalistas de mídia impressa e médicos. As reportagens sobre o tema escolhido deverão ter sido publicadas entre 8 de outubro de 2011 e 5 de outubro de 2012. Os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto – Obesidade Mórbida – Causas, Efeitos e Tratamentos. A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias.

“O objetivo dos Prêmios Abramge é estimular a pesquisa científica e promover a informação sobre saúde nos meios de comunicação”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida. Os prêmios para os vencedores compreendem R$ 15.000,00 (brutos); além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma, para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma, para os jornalistas.
Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos precisam enviar ficha de inscrição e outros documentos. Confira os detalhes do Regulamento em http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3 .

 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
Abramge divulga vencedores
do Prêmio de Jornalismo 2011
 

O prêmio inclui diploma, troféu e a quantia de dez mil reais brutos
 para a melhor reportagem

 
 

O jornal O Povo, de Fortaleza e a jornalista Gabriela Silva Meneses são os vencedores da 17ª edição do Prêmio Abramge de Jornalismo Domingo de Lucca Júnior – 2011. O tema deste ano foi ”HPV – Prevenção e Tratamento”. Aganhadora concorreu com quatro matérias de páginas inteiras, publicadas no dia 11 de setembro, no caderno dominical Ciência & Saúde, daquele diário, com o título “Estou com HPV. E agora?”. 

A reportagem vencedora ouviu médicos e pesquisadores da Universidade Federal do Ceará e também do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), do Rio de Janeiro, para falar sobre câncer do colo do útero, importante doença provocada pelo Papilomavirus Humano (HPV). Com pauta da editora do caderno Ciência & Saúde, Juliana Matos Brito, a matéria mostrou de modo claro e objetivo não só as causas e tratamentos, mas também falou sobre prevenção, citando a vacina contra o HPV; e abordou ainda casos de pessoas infectadas com o vírus e os tratamentos a que se submeteram.
 
A matéria de O Povo traz também amplo infográfico que facilita a leitura e resume a incidência da doença, prevenção, riscos de transmissão e tratamento, com ilustração e dados do Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA). “A ideia de reunir todas essas informações em uma única reportagem foi porque percebemos que o tema é muito pouco conhecido e traz sérios riscos para a saúde de homens e mulheres. E a nossa intenção foi mostrar o problema sem preconceitos”, diz a jornalista, para quem a matéria teve grande repercussão no jornal, com o recebimento de vários e-mails de leitores e também dos médicos entrevistados na reportagem.
 
Segundo a vencedora, a série foi uma oportunidade de reunir todos os ângulos do problema. “A matéria dá uma visão geral do que é o HPV. Conforme fui apurando, percebi que não é possível combater a doença com preconceito. Então, o objetivo do infográfico foi tornar a matéria mais didática e orientar melhor as pessoas”, afirma Gabriela Meneses.
 
Este ano, o Prêmio de Jornalismo recebeu trabalhos de todas as regiões do país, com publicações regionais e nacionais; jornais e revistas com tiragens importantes. “Nosso objetivo com o Prêmio Abramge de Jornalismo Domingo de Lucca Júnior é estimular a informação de saúde e promover a divulgação de boas reportagens dessa área para todos os públicos”, diz Arlindo de Almeida, presidente da Abramge.
A Comissão Julgadora do prêmio contou, conforme o regulamento, com uma equipe de cinco jurados encarregados de avaliar as matérias dos jornais e revistas inscritos no Prêmio. A comissão foi composta pelas jornalistas Neusa Pinheiro, Sueli Zola, Keli Vasconcelos, Lucita Briza e presidida por Flavio Tiné – ex-assessor de imprensa do Hospital das Clínicas de São Paulo e cronista/colaborador da revista Medicina Social da Abramge.
 
Para compor a média final dos trabalhos foram aplicadas notas de zero a dez em cada um dos seguintes quesitos: abordagem do tema; originalidade e ineditismo; estrutura e conteúdo; clareza das análises; consistência das conclusões; confiabilidade das fontes consultadas; alcance social; validade com orientação/esclarecimento para os leitores.
 
Gabriela Meneses, que tem 24 anos e trabalha há quase um ano no jornal O Povo, na Editoria de Cotidiano, receberá a premiação em dinheiro, no valor bruto de R$ 10 mil e mais troféu e diploma. O Prêmio será entregue em solenidade da Abramge, no dia 30 de novembro, em São Paulo.

 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 
Médicos e jornalistas têm cerca de 60 dias parase inscreverem nos prêmios Abramge 2011
 
Além de prêmio em dinheiro, os vencedores recebem troféu e diploma
 
Agosto de 2011 – As inscrições para os Prêmios Abramge de Medicina e de Jornalismo “Domingos de Lucca Júnior” terminam em menos de 60 dias. O tema deste ano é ”Papilomavirus Humano (HPV) – Prevenção e Tratamento”. Os candidatos devem enviar um original e cinco cópias impressas de seus trabalhos para a sede da Abramge até o dia 7 de outubro de 2011. Os profissionais de imprensa e de saúde podem se inscrever enviando material pelo correio ou no próprio site da Abramge .

No Brasil, o Ministério da Saúde registra a cada ano 137 mil novos casos de HPV. No País a doença é responsável por 90% dos casos de câncer de colo de útero e mais: a informação não é muito divulgada. O HPV é uma das doenças sexualmente transmissíveis (DST) mais comuns no planeta – uma em cada cinco mulheres é portadora do vírus – e segundo estudo publicado na revista científica Lancet, com dados levantados no Brasil, México e Estados Unidos, 50% dos homens têm o vírus papiloma humano .

Podem participar da premiação, jornalistas profissionais de mídia impressa que publicarem reportagens sobre o tema escolhido datadas entre 9 de outubro de 2010 e 7 de outubro de 2011. Já os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. “O objetivo dos Prêmios Abramge é promover a informação sobre saúde e estimular a pesquisa científica do setor”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida .
A comissão julgadora dos Prêmios será constituída de cinco membros em cada uma das categorias. Os textos serão encaminhados aos jurados escolhidos pela direção da Abramge para análise e indicação dos melhores trabalhos .

Os prêmios para os vencedores em cada categoria compreendem: R$ 15.000,00 (brutos), além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma para os jornalistas. Os finalistas serão divulgados no início de novembro e os prêmios entregues aos vencedores no final do ano em solenidade de encerramento do ano letivo da Abramge .

Veja o regulamento completo dos Prêmios no endereço eletrônico http://www.abramge.com.br/Premios.aspx?itIndice=3
 
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

Congressos da Abramge e do Sinog discutem a Tecnologia da
Informação para pequenas e médias empresas

 
Os eventos têm como tema central a Tecnologia na Saúde Suplementar
– Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável
 

São Paulo, agosto de 2011 - A Tecnologia da Informação, ao contrário do que muitos pensam, é de fundamental importância na gestão das pequenas e médias operadoras de planos de saúde. Ela se torna parte estratégica no plano de negócios porque apóia atividades criticas como relações com beneficiários, auditoria médica em campo, suporte à equipe de vendas, entre outras. Essas informações farão parte da apresentação de Luiz Antonio De Biase Nogueira, representante da Abramge no Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPISS), que participará do talk show Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras, dos 16º Congresso Abramge e 7º Congresso Sinog, que serão realizados nos dias 18 e 19 de agosto em São Paulo, capital .

 
    Para De Biase dados mais precisos e detalhados, obtidos no dia-a-dia, geram um sistema de informações que amplia o conhecimento sobre o próprio negócio e permite novos patamares de competitividade. Este ano o tema central dos eventos será Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável. Durante dois dias, especialistas em Saúde Suplementar e de Tecnologia na Saúde vão debater as últimas novidades do setor .
 
    Na abertura dos Congressos do Sistema Abramge, a Conferência Magna será feita pelo jornalista Ethevaldo Siqueira, comentarista da Rádio CBN e articulista do jornal “O Estado de S. Paulo”. Ele falará sobre o atual estágio e as perspectivas tecnológicas do Brasil. Também no primeiro dia de eventos, José Sant’Anna Bevilaqua, coordenador de Tecnologia do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), falará sobre a nova ferramenta do órgão para a realização do Censo 2010 .
 
   Na parte da tarde, no dia 18, o talk show Qualidade como Fator de Sustentabilidade abordará a Visão das Operadoras, dos Prestadores e da Acreditadora sobre o tema. As palestras serão ministradas, respectivamente, por Fábio Leite Gastal, superintendente médico assistencial do Hospital Mãe de Deus – Sistema de Saúde Mãe de Deus; Martha Sevedra, diretora do Hospital Barra D’Or Brasil; e Rubens Covello, presidente do Instituto Qualisa de Gestão (IQG). E, encerrando as palestras do primeiro dia, Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e atual superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, fala sobre Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável do Sistema .

    No segundo dia, será abordado o tema Gestão Assistencial. Em foco, o Gerenciamento de Doenças e Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde. Apresentarão estes temas, respectivamente, Ana Cláudia Assis Pinto, líder da Prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios; e John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International. Ainda no talk show Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras, Lincoln de Moura Assis Junior, diretor-presidente da Zilics, falará sobreAcesso para Pequenas e Médias Operadoras .
 
    Para finalizar os Congressos, Maurício Ceschin, diretor-presidente da ANS, será sabatinado em uma “Roda Viva” com a participação de líderes dos vários segmentos do setor: Arlindo de Almeida, presidente da Abramge; Carlos Roberto Squillaci, presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – Sinog; Denise Eloi, presidente da União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde – Unidas; Márcio Serôa de Araújo Coriolano, presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar – FenaSaúde; e Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - Proteste .
 
    Confira a programação completa e os descontos oferecidos nas inscrições dos eventos, clicando aqui.  
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text64513); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 
 Congressos da Abramge e do Sinog discutem
recursos e expertises na Gestão de Saúde
 
Os eventos acontecem nos dias 18 e 19 de agosto em São Paulo, capital   
 
São Paulo, julho de 2011 - Para desenvolver e implementar um Programa de Gestão de Saúde efetivo é necessário ter uma expertise apropriada, pois cuidar de uma população, otimizando resultados e reduzindo custos, é um negócio complicado. Como em qualquer outro negócio, não é possível ter altas expectativas se os recursos adequados não forem disponibilizados. Essa é a opinião de John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e Vice-Presidente de Inovações da Healthways International, palestrante dos 16º Congresso Abramge e 7º Congresso Sinog , que serão realizados dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, capital. O tema central dos Congressos do Sistema Abramge este ano é Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável .
 
    A sugestão do CEO da Healthways International para se iniciar uma Gestão de Saúde corretamente é começar pelo estabelecimento de uma cultura ajustada à empresa. Depois instituir objetivos para o Programa, como por exemplo, focar maior impacto sobre as necessidades mais prementes da organização. A seguir, estabelecer um Plano de Negócios como se estivesse iniciando um novo empreendimento e assegurar-se de que haverá recursos alocados para implementá-lo com êxito. Tudo isso sem esquecer os avanços tecnológicos do setor. “Faça uma análise de falhas ou lacunas para descobrir suas fraquezas e eliminá-las. Depois execute sempre o Programa conforme projetado. Lembre-se de que para manter o compromisso de sua população você necessita estabelecer objetivos apropriados, conversar com usuários finais para compreender o que eles querem e carecem”, explica John H. Harris III, que participará do talk show Gestão Assistencial .
 
    Na abertura dos eventos, a Conferência Magna será feita pelo jornalista Ethevaldo Siqueira, comentarista da Rádio CBN e articulista do jornal “O Estado de S. Paulo”. Ele falará sobre o atual estágio e as perspectivas tecnológicas do Brasil .
 
   No primeiro dia de eventos, José Sant’Anna Bevilaqua, coordenador de Tecnologia do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), falará sobre a nova ferramenta do órgão para a realização do Censo 2010. Na parte da tarde o talk show Qualidade como Fator de Sustentabilidade abordará a Visão das Operadoras, dos Prestadores e da Acreditadora sobre o tema. As palestras serão ministradas, respectivamente, por Fábio Leite Gastal, superintendente médico assistencial do Hospital Mãe de Deus – Sistema de Saúde Mãe de Deus; Martha Sevedra, diretora do Hospital Barra D’Or Brasil; e Rubens Covello, presidente do Instituto Qualisa de Gestão (IQG). E encerrando as palestras Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e atual superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, fala sobre Tecnologia na Saúde Suplementar – instrumento para o Desenvolvimento Sustentável do Sistema .

    No segundo dia, será abordado o tema Gestão Assistencial. Em foco, o Gerenciamento de Doenças e Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde. Apresentarão estes temas, respectivamente, Ana Cláudia Assis Pinto, líder da Prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios; e John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International .
 
   O talk show sobre Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras encerra o período da manhã. O assunto será ministrado por Luiz Antonio De Biase Nogueira, representante da Abramge no Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPPIS), que falará sobre Tecnologia da Informação na Gestão da Saúde e Lincoln de Moura Assis Junior, diretor-presidente da Zilics, com foco no Acesso para Pequenas e Médias Operadoras .

    Para finalizar os Congressos, Maurício Ceschin, diretor-presidente da ANS, será sabatinado em uma “Roda Viva” com a participação de líderes dos vários segmentos do setor: Arlindo de Almeida, presidente da Abramge; Carlos Roberto Squillaci, presidente do Sindicato Nacional das Empresas de Odontologia de Grupo – Sinog; Denise Eloi, presidente da União Nacional das Instituições de Autogestão em Saúde – Unidas; Márcio Serôa de Araújo Coriolano, presidente da Federação Nacional de Saúde Suplementar – FenaSaúde; e Maria Inês Dolci, coordenadora institucional da Associação Brasileira de Defesa do Consumidor - Proteste .
 
    Confira a programação completa e os descontos oferecidos nas inscrições dos eventos, clicando aqui.   
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text97328); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 
PRÊMIOS ABRAMGE 2011
TÊM MAIS TRÊS MESES PARA INSCRIÇÕES
 
90% dos casos de câncer de colo de útero estão relacionados ao vírus do HPV
 
Julho de 2011 - O HPV é uma das doenças sexualmente transmissíveis (DST) mais comuns no planeta - uma em cada cinco mulheres é portadora do vírus - e segundo estudo publicado na revista científica Lancet, com dados levantados no Brasil, México e Estados Unidos, 50% dos homens têm o vírus papiloma humano. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS) são registrados no mundo 500 mil novos casos de Papilomavirus Humano (HPV) por ano. No Brasil, o Ministério da Saúde registra mais de 100 mil novos casos do papilomavirus. E mais: já foram identificados mais de 100 tipos de HPV, sendo que 15 deles são considerados fatores de risco para o câncer (oncogênicos).

No Brasil, o vírus é responsável por 90% dos casos de câncer de colo de útero. Por isso, a Abramge escolheu como tema da 17ª edição dos Prêmios Abramge de Medicina e Jornalismo Domingos de Lucca Junior 2011, ”Papilomavirus Humano (HPV) – Prevenção e Tratamento” - para ambas as categorias. Médicos e jornalistas interessados em participar têm mais três meses para concorrer à premiação.

“Estimular a informação de saúde e promover a pesquisa científica inédita são os objetivos dos Prêmios Abramge”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida. Podem participar da premiação de jornalismo, profissionais de mídia impressa que publicarem reportagens sobre o tema escolhido datadas entre 9 de outubro de 2010 e 7 de outubro de 2011. Os candidatos devem enviar um original e cinco cópias impressas de seus trabalhos para a sede da Abramge. Já os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. Os profissionais de imprensa e de saúde podem se inscrever enviando material pelo correio ou no próprio site da Abramge (www.abramge.com.br).

A comissão julgadora será constituída de cinco membros em cada uma das categorias. Os textos serão encaminhados aos jurados escolhidos pela direção da Abramge para análise e indicação dos melhores trabalhos.

Os prêmios para os vencedores em cada categoria compreendem: R$ 15.000,00 (brutos), além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma para os médicos. E a quantia de R$ 10.000,00 (brutos), mais troféu e diploma para os jornalistas. Os finalistas serão divulgados no início de novembro e os prêmios entregues aos vencedores no final do ano em solenidade de encerramento do ano letivo da Abramge.
 
Informações para a imprensa:
Assessoria de Imprensa – Abramge – (11) 3289-7511
MARIELZA AUGELLI - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

 

 

Tecnologia na saúde versus custos
é tema de congressos da Abramge e do Sinog

 
Eventos discutem sustentabilidade e alta tecnologia atreladas
ao custo benefício na área da saúde
 

São Paulo, junho de 2011 - O que custa mais caro, uma cirurgia convencional ou com auxílio de robô? Se você acha que é a cirurgia robótica, está enganado. Na verdade, algumas cirurgias de alta tecnologia com o uso de robôs chegam a ser até quatro vezes mais custosas, porém a recuperação do paciente é muito rápida e o tempo de permanência no hospital é reduzido drasticamente. Esse é um exemplo do raciocínio que será apresentado por Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e atual superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, durante os 16º Congresso Abramge e 7º Congresso Sinog, que serão realizados dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, capital.

 

 
    O tema central dos Congressos do Sistema Abramge este ano é Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável. Para falar sobre o atual estágio e as perspectivas tecnológicas do Brasil, a Conferência Magna será feita pelo jornalista Ethevaldo Siqueira, comentarista da Rádio CBN e articulista do jornal “O Estado de S. Paulo” .
 
   No primeiro dia de eventos, José Sant’Anna Bevilaqua, coordenador de Tecnologia do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), falará sobre a nova ferramenta do órgão para a realização do Censo 2010. Na parte da tarde o talk show Qualidade como Fator de Sustentabilidade abordará a Visão das Operadoras, dos Prestadores e da Acreditadora sobre o tema. As palestras serão ministradas, respectivamente, por Fábio Leite Gastal, superintendente médico assistencial do Hospital Mãe de Deus – Sistema de Saúde Mãe de Deus; Martha Sevedra, diretora do Hospital Barra D’Or Brasil; e Rubens Covello, presidente do Instituto Qualisa de Gestão (IQG) .

    No segundo dia, será abordado o tema Gestão Assistencial. Em foco, o Gerenciamento de Doenças e Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde. Apresentarão estes temas, respectivamente, Ana Cláudia Assis Pinto, líder da Prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios; e John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International .
 
   O talk show sobre Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras encerra o período da manhã. O assunto será ministrado por Luiz Antonio De Biase Nogueira, representante da Abramge no Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPPIS), que falará sobre Tecnologia da Informação na Gestão da Saúde e Lincoln de Moura Assis Junior, diretor-presidente da Zilics, com foco no Acesso para Pequenas e Médias Operadoras .

    Para finalizar os Congressos, Maurício Ceschin, diretor-presidente da ANS, será sabatinado em uma "Roda Viva" com a participação de líderes dos vários segmentos do setor.
 
    Confira a programação completa e os descontos oferecidos nas inscrições dos eventos, clicando aqui
    “Existe uma série de tangíveis e intangíveis que nós não conseguimos avaliar do ponto de vista da utilização da tecnologia. A questão dos custos da assistência forma uma relação complexa entre eficácia e eficiência. O fato é que nós ainda não aprendemos a fazer esse tipo de avaliação”, explica Gonzalo Vecina Neto. O assunto de sua palestra é "Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável do Sistema". . 
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text96398); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 

 

MAIS QUATRO MESES PARA SE INSCREVER
NOS PRÊMIOS ABRAMGE 2011

 
Jornalistas e médicos devem fazer suas inscrições até dia 7 de outubro
 

São Paulo, junho de 2011 - De acordo com estudo publicado na revista científica Lancet, com dados levantados no Brasil, México e Estados Unidos, 50% dos homens têm o vírus papiloma humano (HPV). A pesquisa foi realizada com 1159 homens e durou aproximadamente dois anos e meio. O vírus, que é sexualmente transmissível, pode causar câncer tanto em homens quanto em mulheres, no entanto, essa doença grave, derivada do HPV, é mais recorrente no sexo feminino. De acordo com o Ministério da Saúde, 90% dos casos de câncer de colo de útero são provocados pelo vírus. Por isso, a Abramge escolheu como tema da 17ª edição dos Prêmios Abramge de Medicina e Jornalismo Domingos de Lucca Junior 2011, ”Papilomavirus Humano (HPV) – Prevenção e Tratamento” .

 
    “Estimular a informação de saúde e promover a pesquisa científica inédita são os objetivos dos Prêmios Abramge”, diz o presidente da Abramge, Arlindo de Almeida. Podem participar da premiação de jornalismo, profissionais de mídia impressa que publicarem reportagens sobre o tema escolhido datadas entre 9 de outubro de 2010 e 7 de outubro de 2011. Os candidatos devem enviar um original e cinco cópias impressas de seus trabalhos para a sede da Abramge. Já os médicos concorrem com trabalhos inéditos sobre o mesmo assunto. Os profissionais de imprensa e de saúde podem se inscrever enviando material pelo correio ou no próprio site da Abramge (www.abramge.com.br ) .
 
    A comissão julgadora será constituída de cinco membros em cada uma das categorias. Os textos serão encaminhados aos jurados escolhidos pela direção da Abramge para análise e indicação dos melhores trabalhos .
 
    Os prêmios para os vencedores em cada categoria compreendem:
    Médicos – R$ 15.000,00 (brutos) além de troféu de autoria da artista plástica Anita Kaufman e diploma.
    JornalistasR$ 10.000,00 (brutos) mais troféu e diploma.
   
    Os finalistas serão divulgados no início de novembro e os prêmios serão entregues aos vencedores em solenidade de encerramento do ano letivo da Abramge .

    Os profissionais de imprensa e de saúde devem seguir formas de apresentação pré-estabelecidas no regulamento do Prêmio. Os candidatos enviarão ficha de inscrição e outros documentos. Confira no site www.abramge.com.br todos os detalhes do regulamento .  
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text93896); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 

Gestão de doenças no controle de custos
é tema de Congressos da Abramge e do Sinog

 
A sustentabilidade do setor passa pelo controle de doenças crônicas na gestão de saúde
 

São Paulo, junho de 2011 - “É quase um paradoxo, pois ao mesmo tempo em que manter-se saudável é o assunto do momento, as pessoas têm uma grande resistência quando são abordadas para fazer  o gerenciamento de suas doenças crônicas”, afirma Ana Cláudia Assis Pinto, líder da prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios. Durante o 16º Congresso Abramge e 7º Congresso Sinog, nos dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, capital, Ana Cláudia participará do talk show Gestão Assistencial e falará sobre Gerenciamento de Doenças.

 
    Ana Cláudia diz que a gestão das doenças crônicas gerenciáveis é parte essencial da gestão de saúde, pois possibilita retorno sobre o investimento, enquanto melhora a saúde das pessoas e reduz os custos indiretos com absenteísmo e presenteísmo secundários a estas doenças. Também no talk show Gestão Assistencial, John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International, abordará o assunto Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde.
 
    Esse ano, o tema central dos eventos é Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável. Na abertura dos eventos a Conferência Magna sobre o atual estágio e as perspectivas tecnológicas do Brasil, será feita pelo jornalista Ethevaldo Siqueira, comentarista da Rádio CBN e articulista do jornal “O Estado de S.Paulo”. Ainda no primeiro dia de eventos, José Sant’Anna Bevilaqua, coordenador de Tecnologia do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), falará sobre a nova ferramenta do órgão para a realização do Censo 2010.
 
    Na parte da tarde o talk show “Qualidade como Fator de Sustentabilidade” abordará a Visão das Operadoras, dos Prestadores e da Acreditadora sobre o tema. As palestras serão ministradas, respectivamente, por Fábio Leite Gastal, superintendente médico assistencial do Hospital Mãe de Deus – Sistema de Saúde Mãe de Deus; Martha Sevedra, diretora do Hospital Barra D’Or Brasil; e Rubens Covello, presidente do Instituto Qualisa de Gestão (IQG). Para fechar a data, Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e atual superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, fala sobre "Tecnologia na Saúde Suplementar – Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável do Sistema".

    No segundo dia, será abordado o tema “Gestão Assistencial”. Em foco, o “Gerenciamento de Doenças” e “Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde”. Apresentarão estes temas, respectivamente, Ana Cláudia Assis Pinto, líder da Prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios; e John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International.
 
   O talk show sobre Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras encerra o período da manhã. O assunto será ministrado por Luiz Antonio De Biase Nogueira, representante da Abramge no Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPPIS), que falará sobre "Tecnologia da Informação na Gestão da Saúde" e Lincoln de Moura Assis Junior, diretor-presidente da Zilics, com foco no "Acesso para Pequenas e Médias Operadoras".

    Para finalizar os Congressos, Maurício Ceschin, diretor-presidente da ANS, será sabatinado em uma "Roda Viva" com a participação de líderes dos vários segmentos do setor.
 
    Confira a programação completa e os descontos oferecidos nas inscrições dos eventos, clicando aqui.  
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text79968); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 

Congresso Abramge aborda a qualidade
como fator de sustentabilidade na saúde 

 
A sustentabilidade na saúde tem como finalidade oferecer
uma medicina de alta qualidade e desempenho para seus clientes
 

São Paulo, maio de 2011 - Sem discutir a qualidade e os resultados da assistência das organizações de Saúde, o Sistema como um todo caminha para o colapso. Essa é a opinião de Fábio Leite Gastal, superintendente médico assistencial do Hospital Mãe de Deus. Ele participará dos 16º Congresso Abramge e 7º Congresso Sinog, nos dias 18 e 19 de agosto, em São Paulo, capital. Esse ano, o tema central dos eventos é Tecnologia na Saúde Suplementar - Instrumento para o desenvolvimento sustentável.

 
    Para Fábio Gastal, as sociedades no mundo inteiro estão esgotando sua capacidade de alocação de recursos econômicos na tentativa de melhorar o quadro de saúde em suas regiões. Porém, esses resultados são muito abaixo do esperado. "A sustentabilidade está atrelada à qualidade, pois ela é estruturante para os resultados sistêmicos ou à produtividade sistêmico social. As operadoras de planos de saúde utilizam-se da sustentabilidade como plataforma para desenvolver competências e tecnologias de gestão que permitam oferecer uma medicina de alta qualidade e desempenho para seus clientes", explica o médico.
 
    Fábio Gastal participará do talk show "Qualidade como Fator de Sustentabilidade" e abordará a Visão das Operadoras, quanto às questões ligadas à Tecnologia de Gestão e aos Modelos Assistenciais baseados em estratégias como Acreditação, Gestão Estratégica e Sistêmica da Qualidade. Segundo ele, essas estratégias constroem o contexto econômico e administrativo para a prática de uma medicina voltada para o cliente em sua dimensão humana, técnica e científica.
 
    Nesse mesmo talk show participarão Martha Sevedra, diretora do Hospital Barra D'Or Brasil, que falará sobre a Visão dos Prestadores, e Rubens Covello, presidente do Instituto Qualisa de Gestão (IQG), que abordará a Visão da Acreditadora.

    Na abertura dos eventos a Conferência Magna sobre o atual estágio e as perspectivas tecnológicas do Brasil, será feita pelo jornalista Ethevaldo Siqueira, comentarista da Rádio CBN e articulista do jornal "O Estado de S. Paulo".

   Ainda no primeiro dia de eventos, José Sant'Anna Bevilaqua, coordenador de Tecnologia do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), falará sobre a nova ferramenta do órgão para a realização do Censo 2010. Para fechar a data, Gonzalo Vecina Neto, ex-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e atual superintendente corporativo do Hospital Sírio Libanês, fala sobre "Tecnologia na Saúde Suplementar - Instrumento para o Desenvolvimento Sustentável do Sistema".

   No segundo dia, será abordado o tema "Gestão Assistencial". Em foco, o "Gerenciamento de Doenças" e "Avanço Tecnológico na Gestão de Saúde". Apresentarão estes temas, respectivamente, Ana Cláudia Assis Pinto, líder da Prática de Gestão Estratégica de Saúde da Marsh Gestão de Benefícios; e John H. Harris III, CEO de Qualidade de Vida e vice-presidente de Inovações da Healthways International.

   O talk show sobre Tecnologia para Pequenas e Médias Operadoras encerra o período da manhã. O assunto será ministrado por Luiz Antonio De Biase Nogueira, representante da Abramge no Comitê de Padronização das Informações em Saúde Suplementar (COPPIS), que falará sobre "Tecnologia da Informação na Gestão da Saúde" e Lincoln de Moura Assis Junior, diretor-presidente da Zilics, com foco no "Acesso para Pequenas e Médias Operadoras".

    Para finalizar os Congressos, Maurício Ceschin, diretor-presidente da ANS, será sabatinado em uma "Roda Viva" com a participação de líderes dos vários segmentos do setor.
 
    Confira a programação completa e os descontos oferecidos nas inscrições dos eventos, clicando aqui.  
 
Informações para a imprensa:
 
GUSTAVO SIERRA - O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. '; document.write(''); document.write(addy_text60588); document.write('<\/a>'); //-->\n O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. (11) 3289-7511

 

 

 

Rua Treze de Maio, 1540 - Bela Vista - São Paulo - SP | CEP.: 01327-002
Tel.: 11 3289-7511 / 11 4508-4799 / 11 4508-4774
© 2014 - Todos os direitos reservados

Política de privacidade

CERTIFICADO ISO 9001:2015

ISO:9001

Para melhorar a sua experiência em nossos serviços, personalizar publicidade e recomendar conteúdo de seu interesse, nós utilizamos cookies e tecnologias semelhantes. Para navegação funcionar corretamente será necessário política de privacidade